Novos tecidos Lugastal nascem inspirados no estilo boho chic

Mesclando elementos folk, étnicos e gipsy, a coleção mostra autenticidade nas misturas

Cores e boas vibrações dos novos tecidos Lugastal por Fernando Maluhy (crédito da foto: reprodução Instagram @lugastal) Cores e boas vibrações dos novos tecidos Lugastal por Fernando Maluhy (crédito da foto: reprodução Instagram @lugastal) Inspiração
Novos tecidos Lugastal nascem inspirados no estilo boho chic

Lu Gastal gosta de observar. Viaja, para dentro e fora do Brasil, em busca de referências que venham compor o seu trabalho artístico. O tema étnico, que aponta como tendência na moda atual, é a marca dessa nova coleção de tecidos Lugastal que nasceu inspirada em uma viagem feita em família para o Deserto do Atacama, no Chile, um lugar de paisagens áridas mas, ainda assim, pinceladas por cores em detalhes marcantes. Esta é a terceira coleção da artesã em parceria com a marca de tecidos Fernando Maluhy e, assim como as anteriores, traz forte a identidade cultural de quem a cria. É como se cada novo trabalho fosse um patchwork de experiências adquiridas ao longo do tempo. Portanto, essa é uma coleção que conversa com o que é atual, mas que traz muito além de modismos em seu DNA.

Não se limite a modismos mas observe as tendências”, Lu Gastal deixa claro.

No diário de viagem, encapado com tecido da nova coleção, Lu registra a emoção de viajar em família
No diário de viagem, encapado com tecido da nova coleção, Lu registra a emoção de viajar em família
Atacama_em_familia_Lugastal
Lu, as filhas e o marido no deserto que inspirou a nova coleção

Ao longo do ano de 2016, ela coletou informações com sua própria audiência nas redes sociais. Fez uma pesquisa para saber o que gostariam de ver em sua nova coleção e notou que a maioria das pessoas tende a buscar as mesmas referências, como cupcakes, frutas, xadrez, poá…

Quis fugir do temático e chegar a algo que cada um pudesse interpretar de sua própria maneira, mas sem deixar de lado aquilo que eu mesma sempre gostei de trabalhar como, por exemplo, as bolas. Aliei essas referências à estampa ikate e a outras já existentes no mercado, mas que conversassem com o tema”, conta ela.

A intenção de Lu Gastal foi fazer tecidos compostos com outros já existentes. Sim, ela é adepta convicta das mesclas. O resultado é uma criação ao estilo boho chic, cheia de cor e misturas inusitadas que resultam em um trabalho autêntico e lindo de se ver!

Diferentes referências resultaram em uma coleção autêntica assinada por Lugastal (crédito da foto: reprodução Instagram @lucasdesales
Diferentes referências impressas em uma coleção autêntica assinada por Lugastal (crédito da foto: reprodução Instagram @lucasdesales)
Um dos ambientes criados para o lançamento da coleção que aconteceu na Fernando Maluhy, em São Paulo (crédito da foto: reprodução Instagram @oficinafu)
Um dos ambientes criados para o lançamento da coleção que aconteceu na Fernando Maluhy, em São Paulo (crédito da foto: reprodução Instagram @oficinafu)
Detalhe do vestido criado pelas alunas do curso de Moda da E.T. José Rocha Mendes (reprodução Instagram: @francinelacerda)
Detalhe do vestido criado por Francine Lacerda (reprodução Instagram: @francinelacerda)
Os tecidos foram usados no caminho de mesa, no souplat e no prato da Azehaus (crédito da foto: Reprodução Instagram @azehaus)
Os tecidos usados no caminho de mesa, no souplat e no prato da Azehaus (crédito da foto: Reprodução Instagram @azehaus)
As referências aparecem na decoração da mesa de festa infantil
As referências aparecem também na mesa de festa infantil pensada pelo ateliê Feito à Mão como Antigamente que mesclou tecidos Lugastal com copos e pratos da Parangolé Festas
Trabalho desenvolvido por "A sacoleira" a partir dos tecidos Lugastal
Trabalho desenvolvido por “A sacoleira”

Frida_LugastalPodemos misturar tudo o que temos em casa, como a lã, o pompom, o zíper… Quem trabalha com artesanato sabe o quanto juntamos coisas e essa também é uma forma de ser sustentável naquilo que fazemos”

O mais interessante em ver nascer uma nova coleção é que ela nunca deixa de se renovar em cada leitura que recebe, em cada nova aplicação. Lembre-se que nada surge do nada. Por trás de cada nova ideia, algo já foi criado antes. Que tal você também exercitar a sua criatividade a partir de toda essa inspiração?

Já dizia Lu Gastal...
Já dizia Lu Gastal…
Lu Gastal por Desiree Brancato (crédito da foto: reprodução Instagram @dbrancato)
Lu Gastal por Vagner Cavalheiro

Quer saber como foi o lançamento da nova coleção de tecidos Lugastal para Fernando Maluhy? Confira nessa galeria de fotos feitas pela fotógrafa Fer d’Andrade!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

LoadingAdicionar aos favoritos Facebook
Nenhum Comentário. Seja o primeiro! :)