Quer ser mais criativo? Em 6 passos você chega lá

Quer ser mais criativo? Em 6 passos você chega lá

O assunto criatividade tem permeado muitas discussões aqui na eduK, como falamos no post sobre o Laboratório de Criatividade. E isso nos levou a criar esse passo a passo para ser mais criativo. Confira as dicas e pratique!

A inspiração vem de onde? (crédito da foto: Shutterstock)

A inspiração vem de onde? (crédito da foto: Shutterstock)

Passo a passo para ser mais criativo

1. Se inscreva em uma aula de um assunto novo

A criatividade surge quando você sai da sua zona de conforto e experimenta algo totalmente novo e diferente. Já domina uma técnica do artesanato, como a encadernação, por exemplo? Que tal se arriscar no patchwork? Ou vá mais longe e se arrisque em um curso de gastronomia.

2. Crie um ambiente propício para a criatividade

Não, não é preciso estar em uma linda sala para ser mais criativo. Estamos falando de um ambiente em que você se sinta relaxado e confortável para se deixar levar pelos mais loucos pensamentos e ideias. Sem medo. Sem vergonha. Sem julgamentos.

Ateliê da Gigi Serelepe: ambiente que inspira a criação

Ateliê da Gigi Serelepe: ambiente que inspira a criação

3. Pare o que está fazendo e saia para caminhar

Você também se sente paralisado diante de uma folha em branco? O segredo para desbloquear a mente e encontrar a solução é para tudo e sair para dar uma volta. E aí, vale seguir a dica da Elá Camarena, nossa embaixadora da criatividade: Ser criativo é acreditar que não adianta olhar para uma folha em branco e achar que você vai ter uma ideia. É preciso seguir pesquisando sempre, lendo bastante e prestando atenção no seu dia a dia. Busque referência no que não é comum. É um exercício diário!

4. Mantenha um “mural de inspiração”

Pode ser virtual, como os boards do Pinterest, ou físico, que você vai recortando referências (pode ser páginas de revista, um cartão, tecidos, flores, folhas, enfim…), mas é fundamental ter o que te inspira por perto sempre.

Na parede do ateliê da Elá Camarena, um pequeno mural cheio de memórias

Na parede do ateliê da Elá Camarena, um pequeno mural cheio de memórias

5. Separe um tempo para criar

Isso mesmo, marcado na agenda, com hora para começar e terminar. Olha como a Nanda Sellan faz:

Eu separo um período da minha semana, cerca de três horas, só para me dedicar à pesquisa. Faço teste de novos modelos, procuro tendências, vejo novos materiais, busco inspiração. Essa é uma parte fundamental do trabalho de uma artesã!

6. Permita-se sonhar mais

Libere a sua imaginação para uma viagem. Imagine-se em outra cidade, em outro mundo, quem sabe? A lógica é inimiga da criação. O tio.Faso adverte: “O conselho que eu dou é nunca faça o que esperam que você faça. Saia do senso comum!”.

Gostou das dicas? Qual a sua receita para ser mais criativo? Divide com a gente aqui nos comentários!

Fontes de pesquisa: Inc. Magazine, livro “Zig Zag: The Surprising Path to Greater Creativity”, de Keith Sawyer, Forbes magazine, autores da eduK
Novidades
  • Facebook

  • Novidades e-mail

Sobre

eduK

Posts Relacionados
7 comentários
  • Anny Vasquez

    abril 2nd, 2016 9:35

    Ameiiii esta matéria. Parabéns a pelas dicas!!

    Responder
  • Danuza Lopes Rabelo

    abril 4th, 2016 22:02

    Adoro revistas, de todos os temas e países, tudo nelas me inspira, a moda, a gastronomia, o tipo de folha usada as fotos,guardo a anos minhas preferidas e sempre recorro a elas quando quero criar algo diferente. A proposito a Eduk me deu um novo rumo a seguir e estou percorrendo este novo caminho e ansiosa com o que vai acontecer, e adoro o HELVIO MENDONÇA como moderador.

    Responder
  • Solange Rocha Cacciacarro

    abril 13th, 2016 10:03

    E EDUK me inspira sempre, não importa o curso, consigo tirar proveito e boas idéias de todos que já assisti, mas qdo. realmente me falta inspiração eu espalho pela mesa de trabalho vários materiais que já possuo, vou colocando lado a lado, sobrepondo, experimentando combinações de côres e as vezes escrevo, desenho, listo e anoto tudo. chego até a fotografar....Isso sempre funciona e o resultado costuma ser positivo, um belo projeto!!!

    Responder
  • Nadja Santos

    abril 17th, 2016 18:30

    excelente matéria, vou tentar colocar em pratica ;)

    Responder
  • Mirian Leila Manzatti Mendes

    junho 23rd, 2016 7:34

    Adoro artesanato desde criança. Aprendi tricô aos 6 anos de idade. Faço crochê, um pouco de bordado , costuro e faço patchwork há 15 anos. Tudo como terapia ( claro que vendo algumas peças ). E a criatividade vem dessa diversidade, como vocês comentaram acima . Ótimas dicas! Todas reforçaram o que havia de " intuitivo" em mim. Obrigada. Mirian Leila -João Pessoa- PB

    Responder
  • Elza Carolina Costa Santos

    julho 24th, 2016 11:34

    Eu exercito minha criatividade fazendo um banco de imagens pessoal, seja no computador ou no Pinterest. E quando tenho um tempinho fico olhando as imagens que salvei e abastecendo meu cérebro de informações, de coisas belas e que me inspiram. Num determinado momento, tudo vem à tona em forma de novas idéias.

    Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *