Encadernação abre caminho para a felicidade

Danieli Barbara conta como largou emprego fixo para fazer cadernos e se tornar uma artesã-empreendedora

Dani percebeu que a encadernação seria um caminho para a felicidade Dani percebeu que a encadernação seria um caminho para a felicidade Meu Ateliê
Encadernação abre caminho para a felicidade

Como fazer a transição de emprego fixo para o mundo de empreendedora-artesã? Danieli Barbara sabe que esse caminho é cheio de curvas e voltas, mas a chegada ao destino vale a pena. A encadernadora — e empreendedora e artesã — dá dicas de como se planejar e conta as dores e as delícias de viver do que se ama, a encadernação.

A pergunta

Ao tomar a decisão de que não queria mais trabalhar com o glamouroso mundo da moda, Danieli Barbara se fez a seguinte pergunta: o que eu posso fazer?

Danieli Barbara conta como se preparou para se tornar uma empreendedora de sucesso com encadernação
Danieli Barbara conta como se preparou para se tornar uma empreendedora de sucesso

Ela gostava de pintar aquarelas e procurou um caderno para guardar seus desenhos. Não encontrou algo com que se identificasse. Ela relembra:

Resolvi fazer meu próprio caderno. Pesquisei no Youtube: ‘como fazer um caderno’. O caderno ficou horroroso, mas gostei da sensação

A vida em São Paulo também não fazia mais sentido e ela e o marido decidiram se mudar para Londrina, no Paraná.

Eureka!

Foi então que uma luzinha se acendeu na cabeça de Dani. E ela descobriu na encadernação uma opção de vida.

Para se preparar para largar o emprego fixo em São Paulo e viver de artesanato e encadernação, Dani foi à luta. Passou a dedicar parte do tempo livre aos estudos. “Estudei finanças, administração, plano de negócios, empreendedorismo e até linguagem HTML, caso eu precisasse programar meu próprio site”, explica.

Dani viu que para chegar onde queria seria necessário bastante esforço e planejamento.

Detalhe das costuras nos cadernos feitos à mão por Dani
Detalhe das costuras nos cadernos feitos à mão por Dani

Encadernação

Nesse período de transição, em que estudou e foi criando seu negócio, Dani fez alguns cursos de encadernação. Tomou coragem para presentar uma amiga com um álbum todo feito à mão. “Minha amiga sonhava em conhecer Paris e quando a viagem se tornou realidade eu pensei: o que seria um presente legal para ela?”. Surgia a inspiração para uma de suas séries de viagem.

Um dos álbuns de viagem criado por Danieli Barbara, do Lilou Estúdio
Um dos álbuns de viagem criado por Danieli Barbara, do Lilou Estúdio

A partir daí, Dani recebeu alguns pedidos e encomendas de cadernos. Sua percepção de que fazer trabalhos de encadernação teria demanda no mercado estava se mostrando correta.

A realidade é dura

Já em Londrina, Dani se viu de cara com a realidade. “As coisas não foram como eu imaginava.” Depois de três meses, quando já tinha estruturado seu negócio, pesquisado fornecedores, estabelecido sua identidade e estava com tudo pronto para começar a vender, viu que não tinha mais dinheiro para lançar sua marca.

Achei que estava preparada, mas não estava. A realidade não corresponde ao que está no papel. É bem diferente!

Dani viu que precisaria de mais tempo para lançar o sonhado Lilou Estúdio.

Máquina do tempo?

Voltou ao mercado de trabalho. Por um ano e meio, foi funcionária de uma agência de publicidade. Parecia ter entrado em uma máquina do tempo, afinal, estava novamente atuando em algo que já não trazia satisfação. Chegava em casa e suas horas eram totalmente dedicadas à encadernação e a sua marca. Continuava estudando e se aperfeiçoando.

Enfim, tinha chegado o momento:

Agora dá

Foi o momento de colocar energia no seu negócio próprio, e tudo era anotado em uma planilha. O investimento inicial foi de cerca de R$ 4 mil.

Dani se inspira ao observar o mundo ao seu redor
Dani se inspira ao observar o mundo ao seu redor
A encadernadora percebeu o desejo por guardar receitas e criou este livro
A encadernadora percebeu o desejo por guardar receitas e criou este livro
Dani cria também uma experiência para seus clientes, repare nos vidrinhos de temperos
Dani cria também uma experiência para seus clientes, repare nos vidrinhos de temperos

Lançamento do Lilou Estúdio

No dia 3 de setembro de 2011 era lançado o Lilou Stúdio. “Coloquei a loja virtual e o blog no ar”. No blog, Dani escreve sobre o universo que criou para sua marca e vê nessa prática uma forma de conquistar mais público sem gastar com publicidade paga.

Mesmo assim, com tanto planejamento, Dani demorou para fazer a primeira venda na sua loja virtual. “A primeira venda foi em janeiro de 2012. Até hoje sei quem foi que comprou.” Depois da primeira venda, vieram mais duas, mais quatro e o negócio de Dani deslanchou.

As coisas se movimentaram e começaram a dar certo. A rodinha começou a girar

Uma das criações de Dani é um livro de vinhos
Uma das criações de Dani é um livro de vinhos
Por dentro, há mistura de cortiça e papel craft e você pode escrever sobre suas observações sobre a bebida
Por dentro, há mistura de cortiça e papel craft e você pode escrever sobre suas observações sobre a bebida
Há ainda um espaço para guardar os rótulos e as lembranças
Há ainda um espaço para guardar os rótulos e as lembranças

Rumo ao empreendedorismo

A caminhada de Dani rumo ao empreendedorismo e à encadernação foi de idas e vindas, de estudo e de muito trabalho. “Percebi que nenhum conhecimento é desperdiçado”, explica. No seu caso, foi preciso assumir várias funções: de financeiro, de recursos humanos, inventário, marketing, comercial, escrever para o blog, tirar fotos dos produtos, vídeos para Youtube, alimentar o site. “E ainda fazer caderno!”.

A inspiração para os produtos vem da observação do mundo a sua volta. “Mas não só dos meus interesses, mas também dos interesses dos outros”.

eduk_danieli_barbara

O Lilou Estúdio faz sucesso por quê…

Me mantenho focada e concentrada nos propósitos e conceitos estabelecidos para a marca, definidos no plano de negócios. Meu produto traduz aquilo que eu acredito. O que faço é um reflexo de quem eu sou. E eu sei quem eu sou. Assim fica fácil saber o que é adequado para a marca

Dani hoje é referência em encadernação. Ela vê como um reconhecimento o fato de dar aulas sobre fazer cadernos, em que ensina sua técnica de encadernação e conta sua história.

Veja também a entrevista com a encadernadora Gabriela Irogoyen, que fala sobre mercado, criatividade e inspiração.

História incrível, não é? E você, como tem sido a sua caminhada rumo ao empreendedorismo? Está se preparando para a transição do emprego fixo para viver de artesanato, e fazer aquilo que você ama? Você também ama encadernação? Conta pra gente aqui nos comentários!

LoadingAdicionar aos favoritos Facebook
16 Comentários. Participe! :)
  1. Sheila Carvalho 22/07/2015 #

    Estou adorando sua aula na Eduk, já fiz o meu livro caixa. Como eu não tinha o material para livro de culinária, fiz um caderno de anotações. Postei no grupo de artesanato da Eduk. Afinal, o importante é praticar né!!! Parabéns pelas aulas!!! Bjs

    • Cristina Luckner 27/07/2015 #

      Oi Sheila! Super legal a sua mensagem. Depois vou lá no grupo ver a foto do seu caderno. Você tem razão: sucesso é praticar sempre! Um beijo

  2. gerusa simone cumpian moia 22/07/2015 #

    mt. lindas as peças ensinadas um curso inspirador,já que moro na mesma cidade quem sabe em breve possa fazer um curso presencial, não é mesmo???

    • Cristina Luckner 27/07/2015 #

      Olá Gerusa! Que legal a sua mensagem. Também achei o curso e a história da Dani muito inspiradores. Você faz encadernação? Do que mais gostou no curso?

      • gerusa simone cumpian moia 12/08/2015 #

        amei cada modelo de caderno que vi,não pude comprar o curso antes mas agora com a assinatura já estou me programando pra fazer o caderno de receitas pra uma querida amiga que vai casar.

      • Cristina Luckner 12/08/2015 #

        Oi Gerusa, que legal! Tenho certeza de que sua amiga vai amar seu presente. Muito criativo!

  3. Ivone Beltran 24/07/2015 #

    Assisti suas aulas no Eduk e gostei muito do caderno de viagens, aquele com os 6 envelopes e a concertina, uma pena não poder ver novamente o passo a passo, vou começar a fazer os envelopes e lembrar da concertina, depois vou pensar.
    Obrigada pela apresentação. Ivone Beltran

    • Cristina Luckner 27/07/2015 #

      Olá Ivone, obrigada pela mensagem! Para rever o passo a passo dos cadernos, da concertina e todas as técnicas ensinadas pela Danieli Barbara, você pode comprar o curso.

  4. Joelma Feitosa Modesto 11/08/2015 #

    Minha inspiração a Dani, amei saber um pouquinho mais sobre… bjos

    • Cristina Luckner 12/08/2015 #

      Oi Joelma, que legal saber que você gostou da história da Dani. Essa superencadernadora me inspirou muito!

  5. Rosemary Araujo 30/08/2015 #

    Minha transição do emprego fixo para o artesanato já está planejada.
    Sou funcionária pública e me aposentarei daqui a 8 anos, quando, então, poderei me dedicar full time ao que amo: encadernação e caligrafia artísticas aplicadas a peças que desenvolvo ainda muito timidamente por falta de tempo.

    Por enquanto, estudo, além das minhas técnicas preferidas, diversas áreas do mundo do empreendedorismo, para estar afiada e começar a investir pra valer no próprio negócio, no inicio de 2018. E também atendo a umas poucas demandas de encomendas de amigos e familiares que fazem questão de oferecer presentes personalizados.

    Os cursos da eduK têm me ajudado muito nesse lento, porém firme e delicioso, processo de transição. Obrigada pelos cursos sempre tão esclarecedores.
    Beijos a todos!

    • Cristina Luckner 31/08/2015 #

      Oi Rosemary, que demais saber que você está se planejando para viver de suas paixões. Lendo a sua mensagem, me veio na cabeça a frase do Gandhi: “Seja você a mudança que quer ver no mundo”. E que bom que a eduK tem uma parte importante nessa sua história! Estou torcendo, e pela sua determinação, sei que vai dar certo!

      • Rosemary Araujo 31/08/2015 #

        Obrigada, linda! Vc sempre tão atenciosa e simpática!
        Bjk.

      • Cristina Luckner 01/09/2015 #

        <3 obrigada, Rosemary!

  6. Josenice Albirajane Romeiro 08/07/2016 #

    Adorei Dani,você é muito talentosa e criativa,desejo muito sucesso para vc.

  7. Kellynha Criando Arte 23/08/2016 #

    Linda história e me identifiquei muito com ela, pois por um determinado momento trabalhei somente com artesanato, mas por não estar tão preparada, precisei voltar ao mercado de trabalho para me restabelecer novamente e investir muito mais na minha carreira de artesã, que me dá muito prazer e satisfação!
    Parabéns Dani e muito sucesso!!