Empreendedorismo no artesanato: como alavancar seu negócio

4.8125
Seja um membro eduk

Assista a esse curso quantas vezes quiser e baixe o material didático

Ver oferta
Contrate agora!
E assista quantas vezes quiser
Cursos exclusivosproduzidos pela eduK
Cursos produzidospor Experts parceiros
Os melhores Expertsem diversas áreas
Assista off-lineno celular Android
Coleção de cursospara fazer e vender
Chat ao vivoe grupos de dúvidas

1 ano de acesso

12x R$30,00

Total de R$360,00

Contratar agora!

Sobre o curso

ÁreaArtesanato

Descubra como empreender no seu ateliê e enfrentar os obstáculos da economia criativa com sucesso! As experts Amanda e Paula, do ateliê ‘’Vivendo da Nossa Arte’’, te convidam para pensar sobre o que é empreendedorismo no artesanato e qual mensagem você quer transmitir na venda dos seus produtos. Neste curso, você vai aprender sobre as suas capacidades e limitações na hora de criar, explorando estudos de caso, dicas e exercícios práticos, especialmente voltados para o empreendedorismo artesão. Não deixe para depois: alavanque seu negócio e pense como uma artesã empresária ao provar que é possível viver da sua arte. Vamos juntas!

Este curso foi disponibilizado em 05/12/2018

Nível Iniciante

Sobre o autor

Amanda Cassanji
Amanda Cassanji

Amanda Cassanji, artesã, empreendedora e cocriadora da “Vivendo da Nossa Arte”, é apaixonada pelo mundo do empreendedorismo. Deixou a advocacia em 2016 para se dedicar ao mundo do artesanato e desde então trabalha com confecção de bonecas personalizadas, além de oficinas e cursos de empreendedorismo para artesãos. Em 2018, juntamente com sua sócia Paula Batistela, palestrou no stand do Elo7 durante a Mega Artesanal, maior feira de artesanato do Brasil, sempre focando em incentivar o pensamento vendedor e criativo nos alunos. Com um projeto voltado para o empoderamento feminino, busca incentivar mulheres a encontrarem seu espaço e a lutarem por sua independência.

Paula Batistela
Paula Batistela

Paula Batistela é artesã, empreendedora e cocriadora do ateliê “Vivendo da Nossa Arte”. Desde muito cedo se encantou pelo fazer artesanal e decidiu investir na área, começando a dar aulas de macramê. Assim como Amanda Cassanji, sua sócia, deixou de lado a carreira de psicóloga e fez do artesanato a sua principal renda. Atualmente, trabalha com a confecção de bonecas personalizadas, cursos e oficinas que capacitam artesãos na economia criativa. O principal objetivo do projeto das duas é focar nas mulheres e mostrar que elas podem gerenciar seus próprios negócios e tomar a frente da própria vida.

Contrate agora!
E assista quantas vezes quiser
Cursos exclusivosproduzidos pela eduK
Cursos produzidospor Experts parceiros
Os melhores Expertsem diversas áreas
Assista off-lineno celular Android
Coleção de cursospara fazer e vender
Chat ao vivoe grupos de dúvidas

1 ano de acesso

12x R$30,00

Total de R$360,00

Contratar agora!

Avaliações

4.84.812516 pessoas opinaram
  • Bianca Mendes
    5
    Este curso é ideal para quem está dando os primeiros passos no empreendedorismo. Abre as portas para este universo que é essencial àqueles que querem se profissionalizar, introduzindo conceitos-chave de maneira muito simples e didática, permitindo que o artesão compreenda e aplique as primeiras regras de uma empresa. Parabéns às meninas e à Eduk!
  • Sarah Rosane Monteiro Carvalho Fadini
    5
    Foi ótimo! Adorei os exemplos práticos. Ao final, serviu como forma de autoconhecimento e motivação para empreender.
  • marcia estefania da silva de souza mota
    5
    Maravilhoso...que dupla! realmente muito conteúdo, aprendi muito, sem palavras pra avaliar e muito obrigada por essa carta linda.
  • Samantha Troni
    3
    O tema do curso é muito bom. Esclarecedor! Porém, eu quero dizer que sou moradora da cidade de Campos do Jordão e fiquei, assim como a expert, chateada com o comentário referente a minha cidade. As pessoas da Vila do Artesanato dão muito duro para terem o que se vê lá. E como foi muito bem dito no curso é muito desafiador você produzir manualmente peças em quantidade para abastecer uma loja, por menor que seja. As pessoas de lá pagam aluguel, e taxas para poderem atuar. As famílias dessas pessoas se sustentam com aquele trabalho. Eu também sou artesã e conheço toda a realidade de ser profissional, mas entendo também que muitas pessoas, infelizmente, tem filhos para sustentar, então buscam soluções mais "fáceis" para ganharem seus sustentos. Acho que seria mais interessante que fosse proposto aqui pelas experts soluções para esse tipo de situação apontada no curso.